Você vira roteirista para escrever ficção. Mas não-ficção é mais barato de se fazer e, convenhamos, Big Brother Brasil dá mais audiência do que os seus curtas.

Poderiam fazer um reality show sobre roteiristas desde o início de carreira até seu primeiro longa. Começariam todos idealistas, cheios de ideias que nunca conseguiriam terminar e acabariam escrevendo reality show para a Bandeirantes. Ou SBT. Vai saber…

Filmariam em tempo real as salas de roteiristas, sempre cheia de gente disputando sua visão de história, além das horas intermináveis escrevendo, escrevendo, escrevendo…

Pensando bem, este seria um programa bem chato. Como não deixa de ser o ofício dos escritores. Escrever é uma arte trabalhosa. Era melhor ter participado do Master Chef…

escrito por tcordeiro

Meu nome é Tiago Cordeiro e trabalho com conteúdo (textos, roteiro, ficção e não ficção), redes sociais e marketing digital.

Os comentários estão fechados.