Nunca um aniversário foi tão esperado.

Primeiro, a tendinite no dedo. Depois, dedo mordido pelo cachorro. E hoje, intoxicação alimentar seguida de vômito.

De bom apenas a certeza de que nunca estamos totalmente sozinhos. O taxista também devia estar em inferno astral.

escrito por tcordeiro
Meu nome é Tiago Cordeiro e trabalho com conteúdo (textos, roteiro, ficção e não ficção), redes sociais e marketing digital.

Os comentários estão fechados.